Posts Tagged 'roberto carlos'

AS BOAS DO BUENO

 

A beleza de Maria Fernanda Cândido, vivendo o papel de primeira-dama na ficção "O Brado Retumbante", minissérie que começou ontem na TV Globo. Vi e gostei.

 

RAPIDÍSSIMAS

 

HOJE

Quarta-feira, 20 de janeiro, dia de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, e de cidades pernambucanas como Itaquitinga, Orocó, Bom Jardim… O dia é ensolarado, mas o céu tá assim de nuvens.

 

TRAPÉZIO

Não existe só aquele que a gente vê no circo, uma barra com duas cordas e um doido fazendo piruetas. Trapézio também é nome de um osso no esqueleto do pulso, e de um músculo atrás do pescoço. Então todos somos trapezistas, certo?

 

TRAPICHE

Trapiche é um armazém, geralmente à beira do cais, onde ficam as mercadorias que serão exportadas ou que foram importadas.

  

TRÁS

Não confunda ‘trás’ com ‘traz’. Trás pode ser advérbio e preposição. Olhe no dicionário, porque é curioso observá-lo, embora costumemos usá-lo apenas em locuções como ‘de trás’, ‘por trás’. Já o ‘traz’, com ‘z, é do verbo trazer: Ele traz a notícia em primeira mão.

 

Treaty of Tordesillas.jpg

Sabe o que é isso? Aprecie bem: é o Tratado de Tordesilhas, ainda conservado em museu na Espanha. Esse tratado determinava que as terras descobertas ou a descobrir a 1.770 km de Cabo Verde (sentido América), na verdade uma linha imaginária, pertenceriam a Portugal. Daí em diante, para o Oeste, seriam da Espanha. Essa linha, olhando bem, divide ao meio o território do Brasil. Por isso que os outros países da América, fora o Brasil, foram colonizados pela Espanha, dona de seus territórios.

 

E O QUE É TORDESILHAS?

É o lugarejo da Espanha onde os reis de lá e de Portugal assinaram o documento acima.

 

Ator Robert Downey Jr. em 'Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras' (Divulgação)

O filme mais visto no último fim de semana no Brasil foi “Sherlock Holmes”. Ainda não vi. Mas vou vê-lo.

 

Ricardinho treina pela seleção em 2002 (Juca Varella - 5.jun.02/Folhapress)

Lembram de Ricardinho, meio-campo da Seleção do Brasil pentacampeã em 2002? Agora é técnico do Paraná Clube.

 

Aumenta o número de aeroportos superlotados

Adele (Matt Sayles/Associated Press)

Essa, você já deve ter visto, é a cantora inglesa Adele, a sensação de 2011 e a nova queridinha dos críticos musicais. Tem bela voz, sim. Mas nada que seja espetacular, incomum. Pelo menos na minha modesta avaliação. Celine Dion, por exemplo, é muito mais cantora, concordam?

 

MAIS AVIÃO

Brasileiro se acostumou a andar de avião. No ano passado o total de desembarques domésticos cresceu 16% em relação ao ano anterior.

 

O que um computador não faz por uma mulher. Aí está o décimo ensaio de Viviane Araújo para uma revista masculina com a pele lisinha, uma fofura. Mas de fato, quase aos 40, Vivi tem um bocado de imperfeições que o photossop escondeu. Mas sabe o que ela disse? "Vocês vão ver que é isso tudo aí da revista quando eu desfilar na avenida". Pois bem. Mostre raça, Vivi!

 

VIRAÇÃO

Dizem que o jogador Kaká está indo para o PSG, treinado pelo brasileiro Leonardo.

 

Está fazendo 30 anos que Elis Regina morreu. Deixou um certo vazio na Música Popular Brasileira, mas, ainda bem que deixou uma filha muito talentosa e parecidíssima com ela nos gestos e na voz, ainda mais na beleza. Elis está na foto ao lado de Roberto Carlos, seu desafeto na Jovem Guarda, mas seu grande amigo quando os dois amadureceram (anos 70).

 

TAMBÉM VAI MAL

A Inglaterra não vai tão bem assim das pernas. A taxa de desemprego de lá é a maior dos últimos 17 anos. Já atinge 8,4% da população. Enquanto isso, Sarkozy anuncia plano de 430 milhões de euros contra desemprego na França. Salve-se quem puder!

 

ELA NÃO É DIFERENTE

Malia, a filha adolescente de Obama e Michelle, aos 13 anos, é igualzinha a todas as adolescentes da idade dela. Também acha um ‘mico’ tudo o que os pais fazem. Palavras de Michelle, a mãe.

 

TUDO PASSA…

O Facebook já tem mais usuários que o Orkut no Brasil. Um vai chegando, o outro vai sumindo, sumindo…

 

Comecei a ler este livro aí, intitulado UMA BREVE HISTÓRIA DO MUNDO, de Geofrey Blainey. O texto simples e curioso lhe prende a atenção, por saber o que aconteceu nos primórdios da Terra, a evolução, até a chegar aos nossos dias. Bacana.

 

JÁ VAI TARDE

No Corinthians, já estão dando como certa a saída do ‘ex-imperador’ Adriano. Pergunta-se: quem vai querer?

 

Mastrangelo Reino/Folhapress

A cantora Wanessa Camargo ganhou a ação por danos morais do humorista sem-graça Rafinha Bastos. Bem empregado.

 

FESTA DO FUTEBOL

A Inglaterra já decidiu que chamará a Seleção Brasileira para comemorar em jogo amistoso, em outubro de 2013, os 150 anos de criação do esporte mais popular de lá e de cá, o futebol. Nem preciso dizer que foi Charles Miller, filho de ingleses, que trouxe a primeira bola de futebol e aqui disseminou aquela que é hoje a maior paixão dos brasileiros.

 

HAJA PRÉDIO…

As vendas da indústria de materiais de construção no mercado interno cresceram 2,9% em 2011 ante 2010, de acordo com dados divulgados hoje pela Abramat. Com o isso, o faturamento do setor atingiu o recorde de R$ 108,5 bilhões no ano passado, superando o recorde anterior, de R$ 107,1 bilhões em 2008. Já pensou? Quem quiser ficar rico é só montar uma loja de material de construção.

 

OUTRO QUE SAI

Wanderley Luxemburgo, que está pra sair do Flamengo, deu uma guinada hoje: pediu pra sair, não ele, mas Ronaldinho Gaúcho, flagrado pelo treinador com uma mulher na concentração. Esses são os nossos disciplinados jogadores brasileiros! E o futebol, ó, cada vez lá embaixo.

 

ASSIM SENDO…

O Internacional já abriu as portas para Ronaldinho Gaúcho. Vai ter que abrir também para as mulheres dele.

 

NOTÍCIA BOA

Mais de 300 remédios poderão ter até 11% de queda nos preços este ano, por isenção de impostos. É saber se o seu remédio tá nesse meio.

 

ANALICE BOCA PODRE

A eliminada de ontem no BBB soltou um ‘caralho’ ao vivo, na Globo, quando estava se despedindo de Bial. Essa é a nossa televisão educativa, cultural, etc, etc.

 

ROUBO

Notícia do jornal Correio Braziliense de hoje diz que ladrões roubaram o carro do filho de Fernadinho Beira-Mar. Ladrão que rouba ladrão tem…

 

POR HOJE…

É só. Até amanhã. Bye, bye.

 

AS BOAS DO BUENO

 

 

A época é de Dominguinhos, o herdeiro de Gonzaga e nosso maior patrimônio musical. Dominguinhos não dá pra quem quer nos arraiás deste São João. Enquanto isso, Bruno e Marrone, além de Zezé e Luciano estão agendados para a o dia 23, a data mais importante, no forró de Campina Grande. Já pensou?

 

RAPIDÍSSIMAS

 

HOJE

Quinta-feira, 16 de junho: manhã chuvosa no Grande Recife. O céu está nublado, com nuvens escuras e chuvas intermitentes. O clima mudou de ontem pra hoje.

 

BURACOS

Alguns buracos criminosos andam irritando quem dirige seu carro aqui no Recife. Ali, por trás do Hiperbompreço de Boa Viagem (próximo ao Shopping Recife), beirando o Canal do Jordão, sentido Antônio Falcão, existem uns cinco buracos que desafiam a civilização. A gente se pergunta: como aquilo é possível?

 

DESPEDIDA DE BALLACK

Assim como Ronaldo Fenômeno, o alemão Ballack, 34 anos, quer se despedir da sua Seleção num amisto com o Brasil, no dia 10 de agosto. Tá quase tudo certo com a CBF.

 

VIOLÊNCIA

Os bandidos continuam bem armados. De ontem pra hoje, ocorreram alguns assaltos que terminaram em tragédia, aqui no Recife. Na Rua José Osório, esquina com a Caxangá, às 8 da noite, horário de movimento, três marginais mataram um gerente do Bompreço. É a vida feito uma taça de cristal na beira da mesa.

 

NORMA E LEO – UM DUELO DE MALDADES

A atriz Glória Pires anda estarrecida com o interesse do público pelo cabedal de maldades dela e do vilão Leo, em “Insensato coração”. Por que será que as pessoas se sentem atraídas pelo mal? Para se vingar do cara, Norma vai infligir alguns castigos contrangedores àquele que a humilhou impiedosamente. E o telespectador vibra.

 

EU VI…

Vi o jogo Santos e Peñarol, ontem à noite. O time brasileiro continua dependendo da genialidade de Neymar. Elano não cria, o ataque não ataca e a defesa tem que se safar das investidas constantes do adversário. O Peñarol não venceu por falta de sorte. Quarta-feira que vem teremos finalmente a decisão. O Santos tem tudo para acuar os uruguaios diante da sua torcida.

 

A QUEM INTERESSAR…

O arrogante Datena está deixando a Band e assinando com a Record.

 

Eis Roberto Carlos, ao lado da eterna secretária Carminha, no show de Tom Cavalcanti, ontem à noite, em São Paulo. Tom fez até uma sátira do rei, como, aliás, sempre faz em seus shows.

 

EDMUNDO É NOTÍCIA

Um dos jogadores mais polêmicos do futebol brasileiro, Edmundo, cognominado de “Animal”, também se notabilizou por fatores extracampos. Um deles resultou na morte de três pessoas num acidente de carro provocado por ele. Agora, preso, qual é o futuro desse rapaz?

 

TAMBÉM DETIDO

José Rainha foi preso pela Polícia Federal por desvio de verbas. E agora pergunto como perguntou Pedro Simon: e esse cara ainda taí?

 

Aí é uma goiabada em cima da outra. Me lembrei de 'seu' Suíte, fabricante de doces e geleias em Carnaíba. Muita gente ia lá, na casa dele, gurejar um docinho de goiaba. Juvita me disse que ainda se faz, por encomenda, claro.

 

CANSADA DA POLÍTICA

Uma das coordenadoras da campanha de José Serra, a senadora Marisa Serrano deixará o PSDB para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso do Sul. Abriu mão, portanto, de quatro anos de mandato.

 

DE NOVO?

A megassena acumulou novamente e vai para os 40 milhões de reais no próximo sábado.

 

JUSTIÇA NA EDUCAÇÃO

Em São Paulo, o salário do professor de escola pública poderá progredir até 183% entre o início e o fim da carreira. Um educador que ganhar todas as promoções por tempo de carreira e mérito previstas pela Secretaria Estadual de Educação poderá receber R$ 5.361,28. O valor consta do projeto de lei enviado nesta quarta-feira pelo governador Geraldo Alckmin à Assembleia Legislativa.

 

Estudo britânico mostrou que surdos têm maior visão periférica que aqueles capazes de escutar. É a compensação da natureza humana.

 

FAMÍLIAS NA EXPECTATIVA

As autoridades da França aguardam para hoje a chegada ao país do navio que transporta os restos mortais de 104 vítimas do voo AF 447 – que caiu no mar quando fazia a rota Rio de Janeiro-Paris, em 31 de maio de 2009. A identificação dos corpos, segundo especialistas, pode levar até seis semanas. A ideia é começar o trabalho no sábado (18).

 

 

A QUEM POSSA INTERESSAR…

O músico Júnior Lima (quem mesmo? É ele, de Sandy e Júnior) está namorando a Miss Contagem (MG), Raísa Maciel, bacharel em Direito, 23 anos.

 

CARESTIA

Você que está indo para o Rio de Janeiro: lá é a capital mais cara do País pra quem precisa pagar um almoço. A média é de 31 reais. Caro mesmo.

 

E AGORA?

A nova peça protagonizada por Suzana Vieira, “A Falsária”, recebeu autorização para captar R$ 1,4 milhão pela Lei Rouanet. Em abril, a atriz havia criticado a lei em entrevista ao jornal “O Globo”.

 

TÁ CHOVENDO…

Agora, 11h53 da manhã desta quinta-feira, afasto um pouco a cortina pra ver a chuva molhando a cidade. Molhando só não, diminuindo um pouco o calor.

 

Câmara aprova sigilo para orçamentos da Copa-2014

 

SAÚDE

Em dez anos, o país registrou um aumento de 38% na taxa de morte de doentes renais crônicos. Essas pessoas dependem de uma máquina que substitui a função dos rins (hemodiálise) para sobreviver.

Em 2000, dos 46.547 doentes que faziam diálise, 7.000 morreram (15%). Em 2010, o número de doentes tratados foi para 92 mil, com 16.500 mortes (18%).

 

Na Dulca, a torta de morango é vendida em pedaços ou inteira, além de uma versão simplificada, que não leva castanha

Rapaz, isso é uma torta de morango! Quem sabe fazer?

 

E A BOLSA?

A nossa Bolsa de Valores é tão frágil… Um agravamento na situação econômica da Grécia, ontem, fez a Bovespa cair significativamente. Mas a Grécia é tão longe e tão, digamos, insignificante…

 

VAI QUEM PODE…

Ao comprar ingresso para o setor premium do espetáculo “Varekai”, promovido pelo Cirque du Soleil, o público pode pagar R$ 190 a mais e ter direito a uma série de regalias. O total pode chegar a R$ 585.

 

EU PREFIRO…

Prefiro circo pequeno. Como sinto falta daqueles circos que passavam em Carnaíba e eram montados ali na Praça presidente Kennedy, perto do Colégio Joaquim Mendes. Aquela parte ainda não era calçada. Tornava-se um ponto estratégico para a instalação de um circo porque era visto por todos os moradores da principal rua da cidade. Os cantores, as rumbeiras, os malabaristas e, principalmente, os palhaços eram nossos ídolos. Passageiros, efêmeros, mas era o que tínhamos.

 

Fui assistir ao espetáculo do Circo Portugal, instalado no campo da Aeronáutica, em Boa Viagem, e acabei sentindo falta dos circos mais modestos que passavam temporada em Carnaíba, Afogados. Os de hoje têm muitos musicais, mas pecam pela ausência de bons palhaços. E não aguento mais ver aquele globo da morte.

 

PAROU…

Agora são 12h08 da tarde. Meio-dia e 8 minutos. A chuva deu um trégua, mas o tempo permanece chuvoso. Não há sol. Falar nisso, nunca diga “meio-dia e meio”, mas sim “meio-dia e meia”, que quer dizer “meio dia e meia hora”.

 

INVERNADA…

O que Luiz Gonzaga quer dizer em “Boiadeiro” quando lembra que vai levar o gado para a invernada? Pois bem: invernada é um pasto imenso onde o gado passa uma temporada para repouso e engorda. Não tem nada a ver com inverno. Aliás, inverno é, originalmente, a estação mais fria do ano. Aqui no Norte e Nordeste, porém, inverno quer dizer estação chuvosa, ainda que isso ocorra em pleno verão.

 

E POR HOJE…

É só. Tenham todos uma bela quinta. Bye, bye.

Tarde de muito sol no Grande Recife. AS BOAS DESTA QUARTA, 7

cartaz-aprovado_01_02-e12671150509711[1]

Ontem fui ver o filme de Chico Xavier. Do começo ao meio, me pareceu enfadonho, sem surpreender. Uma história simples, singela. Melhora do meio pro fim, com um Chico Xavier mais humano, mais engraçado. Não esperem um grande filme. Apenas um filme biográfico de um homem que resolveu, em vida, ser humilde, desprendido e se doar ao semelhante.

Pesquisa de hoje na Internet: Por qual razão você assistiu – ou gostaria de assistir – ao filme de Chico Xavier? Metade disse que se interessa pela história do médium. A outra metade, que se interessa por espiritismo.

 

 

 

 

 

cai_producao_da_industria_paulista1[1]Em relação ao mês anterior, a indústria brasileira apresentou avanço de 1,5% em fevereiro de 2010.

A principal alta, que bom, verificou-se em Pernambuco (11,1%).

 

 

 

get[1]

Um diamante azul raro e puro será oferecido num leilão em Hong Kong nesta quarta-feira. A pedra, originalmente da Coleção Milênio da De Beers, deverá ser vendida por um valor de mais ou menos 5 milhões de dólares. Quem se aventura?

 

 

 

 

get[6]

Os quatro gols marcados no massacre do Barcelona sobre o Arsenal ontem em mais uma noite de gala diante de seus fãs no Camp Nou tornaram Messi o principal assunto dos jornais espanhóis nesta quarta-feira. A atuação “quase perfeita” do argentino serviu para esgotar os adjetivos usados pela imprensa do país, que não se cansou de fazer diversas comparações após mais um show do camisa 10, responsável por levar os catalães a mais uma semifinal de Liga dos Campeões.

Eu já dizia isso no ano passado: Messi é hoje o melhor jogador do mundo.

 

 

 

agricola[1]

Segundo a Conab, o Brasil vai colher este ano safra recorde de grãos: são 146,31 milhões de toneladas. O resultado, o melhor da história, é 8,3% superior às 135,13 milhões de toneladas da última safra.

 

 

 

RC-799[1]

Dona Laura continua em estado grave. O filho famoso desmarcou todos os compromissos que tinha no México e nos Estados Unidos para acompanhar de perto o estado de saúde da mãe. A foto acima lembra o momento em que Roberto Carlos, em plena Jovem Guarda, ganha a coroa de rei no programa de Chacrinha. A mãe pôs a coroa, que não saiu mais da cabeça pensante do cantor mais popular do País.

 

 

 

RAPIDINHAS

 

Agnaldo Timóteo apareceu ontem na TV Globo numa chamada do seu novo CD, gravado pela Som Livre. Depois de muitos anos brigado com os globais, Timóteo ganha status para surgir, assim de repente (10 segundos), na tela de Roberto Marinho.

Ontem quase que saí do Café São Braz (Shopping Recife) antes de saborear minha pamonha e meu queijo de coalho. Uma dupla de rapazes falava tão alto, e tão deselegantemente, que chamava a atenção de todos os clientes.

Viver a Vida, hoje: Ingrid fica chocada ao saber que Miguel e Luciana vão se casar. Mia e Neto se beijam; Isabel observa e depois faz piadas de mau gosto.

A quarta amanheceu meio nublada, mas agora, 3 da tarde, faz muito sol no Grande Recife.

Não costumo usar ar-condicionado pra dormir, por morar num sexto andar ventilado. Mas ontem estava tudo tão parado que não teve outro jeito.

Acho que vou assistir hoje ao filme  A CAIXA. Um “suspense” que vinha sendo anunciado em trailer desde o ano passado.

Fico por aqui. Mas deixo com vocês este belo clip. Bye, bye.

 


 

CURIOSIDADES DE ROBERTO CARLOS

 

 

Eu e Roberto Carlos, em 1999.
Eu e Roberto Carlos.

 

 

Roberto Carlos em Cordel

A vida, a carreira, o mito

(décimas de setessílabos)

 

Autor: Daniel Bueno

 

Roberto Carlos, seu nome

Unanimemente escolhido

Para ficar conhecido

Com Braga no sobrenome

Não chegou a passar fome

Embora fosse modesto

Era o pai um homem honesto

A mãe uma lutadora

Na costura, uma doutora,

Compreensiva no gesto

 

No ano quarenta e sete

Em vinte e nove de junho

O povo deu testemunho

Do acidente de um pivete

Logo se tornou manchete

Em quase toda a cidade

Com seis anos de idade

Zunguinha perdeu a perna

Houve comoção fraterna

Lamento e perplexidade

 

E quando fez nove anos

Estreou como cantor

Desistiu de ser doutor

Como estava nos seus planos

Firme como os arianos

Foi à Rádio Cachoeiro

Cantou feito um seresteiro

E venceu como calouro

Era um menino de ouro

Que já ganhava dinheiro

 

 

Entrou no Conservatório

De Música de Cachoeiro

Arriscou ser violeiro

Foi pianista simplório

Mas foi pelo repertório

Que conquistou a plateia

Aplaudido na estreia

Virou garoto afamado

E por Deus recompensado

Começou sua odisseia

 

Cachoeiro era pequeno

Para o seu grande talento

Por isso seu pensamento

Era longínquo e mais pleno

Calculou bem o terreno

E foi embora pro Rio

Na partida, um calafrio

Lhe correu pela espinha

O trem seguia na linha

Transportando um Desafio

 

Um desafio obscuro

Era o Rio de Janeiro

Pra quem era aventureiro

Eita lugar inseguro!

Roberto ainda tão puro

Enfrentou a malandragem

Mas tomado de coragem

Procurou a sua chance

Mas só lhe veio de alcance

Um pouco de aprendizagem

 

Roberto volta a estudar

Pra garantir o futuro

Era um tempo muito duro

Sem chances de trabalhar

Até pensou em voltar

Pra sua terra natal

Mas ficou na capital

Como prevendo o destino

Acreditou no Divino

E no seu dom musical

 

Foi Carlos Imperial

Que o levou à TV

Disse: “Gostei de você!

Um conterrâneo legal

Canta rock original

E tem a voz afinada

No meio dessa moçada

É o Elvis Brasileiro

Também sou de Cachoeiro

Vou topar essa empreitada!”

 

Com Tim Maia ele formou

O seu grupo musical

Por ser temperamental

O crioulão se mandou

Roberto então se tornou

Um cantor independente

E embora inexperiente

Ingressou na bossa-nova

Só que não passou na prova

Daquele ritmo exigente

 

Cantou na boate Plaza

Durante quase dez meses

Agradava algumas vezes

Mas ali não criou asa

Só sei que o futuro “brasa”

Desistiu daquele som

Descobriu que o seu tom

Era mesmo o ritmo quente

Esse sim, mais coerente

Com seu verdadeiro dom

 

O tom que era de Jobim

Foi ficando para trás

O que Roberto, aliás,

Fez bem decidindo assim

Chegou o momento enfim

Da primeira gravação

Imperial deu a mão

E compôs “João e Maria”

Que Roberto gravaria

Sem qualquer repercussão

 

Com apenas 22 anos

E morando em Niterói

O capixaba constrói

O seu castelo de planos

Mas com tantos desenganos

Quase que perde a esperança

Porém vestiu confiança

Da cabeça até os pés

Quando fez de “Splish splash” 

A sua grande mudança

 

Com “Parei na contramão”

Vira ídolo nacional

Nos rádios ele é o tal

Em toda a programação

E até na televisão

É muito solicitado

Também é requisitado

Pra ser capa de revista

Vira o primeiro da lista

De “cantor mais adorado”

 

Sessenta e quatro é o ano

Em que gravou “Calhambeque”

Sucesso que abriu o leque

Das previsões de “ariano”

Deixa de ser mediano

Para ser sensacional

Vai cantar em Portugal

Onde é bastante aplaudido

Passa a ser reconhecido

Cantor internacional

 

“É proibido fumar”

Também faz muito sucesso

É evidente o progresso

Em todo canto e lugar

Vira ídolo popular

E é sempre eleito o melhor

Mas para ser o maior

Ele fez por merecer

Pois pra na vida vencer

Derramou lágrima e suor

 

Sessenta e cinco aparece

Pra ser um ano importante

Pois de tudo a todo instante

Na sua vida acontece

De prestígio se abastece

Pra durar por toda a vida

E foi então quer a ferida

Pra sempre cicatrizou

Roberto ali começou

Sua infindável subida

 

Em agosto estreou

O programa Jovem Guarda

Um projeto de vanguarda

Que a Record implementou

O iê-iê-iê emplacou

De norte a sul do país

E o povo pedia bis

Para ouvir “Nossa Canção”

Mesmo sofrendo a nação

No governo dos fuzis

 

Continuando a história

De Roberto Carlos Braga

Sua vida, sua saga

Seus belos dias de glória

Me chegam então à memória

Dele em ritmo de aventura

Fazendo muita loucura

No Morro do Corcovado

Um ídolo já consagrado

No tempo da Ditadura

 

Maio de sessenta e oito

Com Cleonice se casa

O rei corta a própria asa

Pra deixar de ser afoito

Pois pra molhar o biscoito

Agora tem compromisso

Vira homem submisso

Do ciúme da mulher

Mas se é isso que ele quer

O fã não quer saber disso

 

Nesse ano triunfal

Roberto brilha em San Remo

Com seu talento supremo

O rei vence o festival

Numa exibição vital

Conquista os italianos

Franceses e lusitanos

Também veneram Roberto

O mundo está boquiaberto

Com o rei sul-americano

 

Nasce o filho Segundinho

Perto de 69

Todo mundo se comove

Com seu destino mesquinho

Ele nasce doentinho

Com problema na visão

Viaja de avião

Pra se tratar na Holanda

E até mesmo na umbanda

O pai buscou solução

 

Nice já tinha uma filha

Quando casou com Roberto

Pensando nisso por certo

Gerou outra maravilha

Para constar na planilha

De uma família “real”

E foi de parto normal

Que Luciana nasceu

Ana Paula agradeceu

O presente fraternal

 

Veio o ano de setenta

E ele grava “Jesus Cristo”

Pela igreja ele é bem-visto

E a sua fé mais aumenta

Já pertinho dos quarenta

Faz bem pensar no Senhor

O verdadeiro Gestor

Da carreira do artista

Aquele que é maquinista

No trem da vida e do amor

 

Para o rei não há fronteira

Em toda a América Latina

Pois conduz com disciplina

Sua brilhante carreira

Não é nuvem passageira

Nem é um cantor fugaz

É um artista capaz

De conquistar todo o mundo

Pelo seu saber profundo

De cantar o amor e a paz

 

Ele agradece ao Senhor

No sucesso da “Montanha”

Roberto prega a campanha

De gratidão e de amor

O rei se torna o mentor

Das mensagens de otimismo

Para tirar do abismo

Quem perdeu a esperança

Canta com fé e confiança

No Santo Poder Divino

Seu cantar é um belo hino

De harmonia e bonança

 

Setenta e quatro é o ano

Do primeiro Especial

Que na época do Natal

É programa soberano

A Globo tem no seu plano

Roberto como “exclusivo”

É um meio decisivo

De torná-lo grande mito

Um ídolo de gabarito

Artista definitivo

 

É quando ele grava “O portão”

“Resumo” e “Eu quero apenas”

Nas canções, jogo de cenas

Que lhe vêm na inspiração

Benito manda a canção

“Quero ver você de perto”

Que na voz do rei Roberto

É um sucesso instantâneo

Benito é contemporâneo

Compositor muito esperto

 

Gravado no exterior

Num estúdio sofisticado

O disco mais aguardado

De qualidade, um primor

Gringo é arranjador

De harmonias divinais

Porém Roberto quer mais

Do que a vida já lhe deu

Não lhe basta o apogeu

Das conquistas colossais

 

Homem e rico e realizado

Vai “além do horizonte”

Pois ali existe a fonte

Que o faz abençoado

O artista mais amado

Do seu imenso país

Conquistou tudo o que quis

E sempre quis muito mais

Trabalhar nunca é demais

Essa é sua diretriz

 

Setenta e seis, que LP!

Roberto grava “O Progresso”

É mais um grande sucesso

E o Brasil sabe por quê

Ele canta na TV

E no rádio “Seus botões”

Para arrasar corações

Canta “A menina e o poeta”

Cumpre assim a sua meta

De arquiteto das canções

 

Quando vem setenta e sete

Ele grava “Cavalgada”

O casal de madrugada

Ouve “Outra vez”, se derrete

Roberto vira manchete

No programa de Natal

Canta no Especial

Para Erasmo, seu “Amigo”

Companheiro mais antigo

Parceiro fundamental

 

Setenta e oito é importante

Um ano demais até

Cantando com amor e “Fé”

O rei está mais confiante

Porém, um pouco adiante

Vai se separar de Nice

Já cansados da chatice

Que o casamento lhes traz

Os dois preferem a paz

A prosseguir na mesmice

 

“Desabafo” é o sucesso

Do ano setenta e nove

Roberto afinal resolve

Iniciar um processo

Na verdade, o seu ingresso

No mercado americano

Dentro de mais um ano

Sai o seu disco em inglês

Que por falta de freguês

Não passou de um ledo engano

 

Chega a “Guerra dos Meninos”

Em homenagem à criança

Com Roberto a Globo lança

Projeto belo e divino

No programa natalino

Pra defender os direitos

E diminuir preconceitos

Da infância abandonada

Que vive ao léu e largada

Como bandidos suspeitos

 

“Emoções” em oitenta e um

É o seu maior sucesso

Não existe retrocesso

Nessa carreira incomum

No Brasil não tem nenhum

Cantor com tanto cartaz

O Rei Roberto é vivaz

Nesse honroso e belo ofício

É assim desde o início

Com persistência tenaz

 

E desse dia em diante

Roberto e Erasmo fizeram

Tudo que os fãs esperam

Dessa dupla tão brilhante

Um barco sem comandante

Mas que sabe seu destino

Com seu lema genuíno

De só cantar o amor

Nosso rei é um pescador

Guiado pelo Divino

 

Dizem que é supersticioso

Que marrom ele não usa

Mas que do azul ele abusa

Por achá-lo venturoso

Mas seu dom mais valioso

E que a todos satisfaz

Foi sempre ser bom rapaz

Desde os tempos de menino

Quando Deus deu-lhe o destino

De artista altivo e primaz

 

Vendeu mais de 100 milhões

De discos em todo o mundo

Seu pensamento fecundo

Fez centenas de canções

Todas feitas de emoções

Vividas pelo cantor

E Erasmo, o coautor

De uma obra iluminada

Parceria abençoada

Pelas mãos do Criador

 

Foram tantos os amores

Desse amante à moda antiga

Fafá foi mais que uma amiga

Pra mulatas mandou flores

Fez amor nos bastidores

Com moças apaixonadas

No elevador, nas escadas

Todas queriam Roberto

Ele era o homem certo

Para fãs enamoradas

 

Magda Fonseca, a primeira

Namorada de Roberto

Conheceu o rei de perto

Ainda na fase roqueira

Mas foi cair na besteira

De obedecer a seus pais

Foi s’imbora pra jamais

Saber do seu namorado

Roberto decepcionado

Dela não quis saber mais

 

Wanderléa confessou

Que namorou seu colega

Mas foi somente um “esfrega”

Coisa que logo passou

Martinha se apaixonou

Mas Roberto caiu fora

Pois naquela mesma hora

O seu amigo Dedé

Por ela ficou lelé

E virou “uma brasa, mora!”

 

O casamento com Nice

Além das recordações

Rendeu filhos e canções

De amor grande e cafonice

Luciana com meiguice

Trouxe alegria ao casal

Depois da dor crucial

Com os olhos de Segundinho

Foram anos de carinho

Até o fim conjugal

 

Depois veio Miriam Rios

Atriz tão jovem e tão bela

Roberto diante dela

Lhe cobriu de elogios

Ela sentiu arrepios

Pois do cantor era fã

E com pinta de galã

E doutor em sedução

O rei foi dela a paixão

E ela, o seu talismã

 

Mas depois de 11 anos

De amor e de paixão

Ela toma a decisão

De modificar seus planos

Por “pensamentos insanos”

Como depois descreveu

Separar-se resolveu

E abandonou o marido

Deixou o rei abatido

Na pequenez de um plebeu

 

A companheira a seguir

Ele conheceu menina

Veio ser a proteína

De um poderoso elixir

Fez a paixão ressurgir

No coração de Roberto

Fez o rei ficar bem perto

Da eterna felicidade

Mas a tal fatalidade

Deixou o céu encoberto

 

Maria Rita Simões

Foi ela a mais importante

Talvez a mais cativante

Musa de suas canções

Rainhas das emoções

Sentidas pelo cantor

Que fez dela o seu amor

Sem limites pra sonhar

Com ela, lindo luar

Sem ela, trevas e dor

 

Um dia o destino quis

Antes do tempo previsto

Que por causa de um cisto

Chegasse a morte infeliz

O implacável juiz

Da sentença derradeira

Levou sua companheira

Levou também seu sorriso

Ela, lá no paraíso

Ele, aqui na gemedeira

 

Ainda hoje ele sente

A cruel fatalidade

Não deixa de ter saudade

Sua dor é transparente

Em todo show é frequente

Lembrar de Maria Rita

Sua musa favorita

Faz parte da sua vida

Se foi triste a despedida

Sua lembrança é bonita

 

Apresento agora a lista

Das pessoas importantes

Influentes e marcantes

Na vida do nosso artista

Pra começo, o maquinista

Chamado Walter Sabino

Também vítima do destino

No dia do acidente

Que deixou deficiente

Roberto ainda menino

 

Renato Castro, o bancário

O garoto socorreu

Doutor Romildo atendeu

No instante necessário

Diante de tal cenário

Zunga manteve o brio

Seu primeiro desafio

Seria logo vencido

Ele estava decidido

A lutar com sangue-frio

 

Ana e Joaquim Moreira

Eram seus avós maternos

José e maria, paternos

Professor, José Nogueira

Que lhe ensinou a maneira

De tocar bem violão

Lauro Roberto, o irmão

Carlos e Norma, também

Que dona Laura mantém

Presos no coração

 

Na Rádio de Cachoeiro

Locutor Jair Teixeira

Sirlene Penha Oliveira

Essa, seu amor primeiro

Mas foi Genaro Ribeiro

Colega de profissão

Que lhe a gravação

Do seu primeiro acetato

Tirando do anonimato

Quem lhe tinha dado a mão

 

Seus olhos ainda têm

Profunda melancolia

Do mesmo Zunga que um dia

Saiu de casa num trem

Planejando ser alguém

Ser um artista famoso

Partiu pro Rio ansioso

Confiando em seu talento

Na sorte e no sentimento

De um padrinho generoso

 

Mais de seiscentas canções

O Rei compôs com Erasmo

Criou-se com entusiasmo

Uma dupla de emoções

Peritos em criações

De amor, fé e ecologia

Figuram na galeria

Dos menestréis do Brasil

Parceria tão febril

Que engrandece a Poesia

CURIOSIDADES DA MÚSICA BRASILEIRA POPULAR

Chico Alves, o Rei da Voz.

Chico Alves, o Rei da Voz.

CHICO RECORDISTA

Foi Francisco Alves, o Rei da Voz, o cantor que mais gravou discos 78 RPM no Brasil: 526 discos com 983 músicas. Como compositor deixou 132 músicas. Era mais melodista.

CIRURGIA PLÁSTICA DE RC

Roberto Carlos chegou a fazer uma operação plástica no nariz, em 1965, para corrigir um pequeno defeito que só os amigos íntimos conseguiam notar.

O COMEÇO DE FÁBIO JR

O cantor Fábio Jr. apareceu cantando no final dos anos 60 no programa “Mini Guarda”, apresentado por Ed Carlos, na TV Bandeirantes. Fábio liderava o conjunto Os Namorados.

CAETANO

O baiano Caetano Veloso nasceu no dia 7 de agosto de 1942. O primeiro disco apareceu em 1965: um compacto simples com as músicas “Cavaleiro” e “Samba em paz”. O primeiro LP, “Domingo”, saiu em 1967, ao lado de Gal Costa. Esteve exilado na Inglaterra, de 1969 a 1972.

CANHOTO

O violonista Canhoto da Paraíba nasceu no dia 19 de maio de 1928. Em 1959 foi para o Rio de Janeiro, onde despertou a atenção de Jacob do Bandolim.

CARLINHOS BROWN

O bom baiano nasceu em 23 de novembro de 1962 e seu sobrenome artístico é uma homenagem a James Brown, ídolo do funk e da soul music. Começou como compositor: “Meia lua inteira”, cantada por Caetano, é de sua autoria.

ATENÇÃO!

Carlos Galhardo não nasceu no Brasil. Nasceu na Argentina, e veio ainda bebê para o Brasil. Trabalhou de alfaiate na adolescência e um dia foi ouvido por Francisco Alves e Mário Reis, que lhe deram a oportunidade de ingressar na música.

CARMEM COSTA

Nasceu no dia 5 de janeiro de 1920, e saiu do interior do Rio para trabalhar como doméstica na casa de Francisco Alves. A carreira solo começou em 1942.

CARMEM MIRANDA

Nasceu em Portugal no dia 9 de fevereiro de 1909 e veio para o Brasil ainda bebê. Ainda hoje é a cantora brasileira que fez mais sucesso no exterior. Morreu em 5 de agosto de 1955.

CÁSSIA ELLER

O pai dela era militar, por isso morou em várias cidades brasileiras. Começou a se interessar por música aos 14 anos, quando ganhou um violão. Nasceu no Rio no dia 10 de dezembro de 1962 e morreu com problemas cardíacos em 29 de dezembro de 2001.

O CADERNINHO DE CAUBY

Cauby Peixoto chegou a gravar O Caderninho, num compacto simples pela Philips em 1967. O Caderninho é uma composição do guitarrista Alemão (Olmir Stocker).

THE FEVERS

O conjunto The Fevers gravou vários discos com nomes diferentes: Hotmachine, WE, Vacations, Cardinale, The Lótus Sound, Década Explosiva, Década Romântica, Todos na década de 70. Nos anos 60 gravou 4 discos com nomes como Os Supersônicos.

EDITH VEIGA

Cantora da linha popular que gravou os discos “Começo da Vida (RGE-1988) e “Como se fosse” (Polydisc-1987).

JOSÉ RIBEIRO

Foi Renato Barros quem produziu o primeiro disco de sucesso do cantor romântico José Ribeiro, em 1972. A faixa que estourou no Brasil inteiro foi “A beleza da rosa”. Mas José  Ribeiro já havia lançado em 1968, com relativo sucesso a música “Me casava com ela”.

O COMEÇO DE WANDERLEY

Wanderley Cardoso gravou em 1957, aos doze anos de idade, “A Canção do Jornaleiro”. Era um disco 78 rotações de Mário Zan, lançado pela RCA Victor, e chegou a vender 75 mil cópias! Um espanto para a época.

E WANDERLÉA?

Em 1957, ela ganhou o título de “A mais bela voz infantil”, conferido pela TV Rio e Açúcar União. O prêmio foi de 12 cruzeiros.

JESSÉ

O cantor Jessé apareceu no grupo Os Inocentes, de Brasília, como vocalista, chegando a gravar um compacto duplo, puxado por Papai Noel. Depois, Jessé estouraria no Brasil inteiro sob o pseudônimo The Cristie Burgh, cantando Flying (do original Chris The Burgh). Em seguida, Jessé virou Roger Chapiro e, depois, Tony Stevens, que fez sucesso com You Are My Destiny. O esouro como cantor brasileiro só veio com “Porto Solidão” no começo dos anos 80.

REGISTRO

O nome de batismo de Orlando Dias era José Adauto Michillis; o de Agepê era Antonio Gílson Porfírio; e o de Almirante era Henrique Foreis Domingues.

PEPEU

O guitarrista e cantor Pepeu Gomes começou aos 15 anos tocando no grupo Os Minos. Depois passou pelo conjunto Os Lef´s, e, posteriormente, A Cor do Som.

O COMEÇO DE RC

Carlos Imperial apresentou Roberto Carlos a uma turma da bossa-nova que se reunia num apartamento na Avenida Atlântica. Disse, na ocasião, que Roberto seria o futuro príncipe da bossa-nova. Acompanhado do guitarrista Gato, ao violão, Roberto cantou Brotinho Sem Juízo.

ROBERTO E CAUBY

Roberto Carlos conheceu Cauby Peixoto no elevador da RCA. Ele estava com Erasmo e levava um disco 78rpm como referência profissional. De repente, a porta se abriu e entraram Cauby e Di Veras, seu empresário. Roberto e Erasmo aproveitaram para dizer a Cauby que eram seus fãs.

ELIS E A BOSSA-NOVA

Segundo depoimento do jornalista Nelson Mota, Elis Regina detestava bossa-nova. Nelson teve um relacionamento duradouro com Elis.

REGISTRO

O nome completo da cantora Fernanda Abreu é Fernanda Sampaio de Lacerda Abreu, nascida em 8 de setembro de 1961.

Get Adobe Flash player