Release

20

Daniel Bueno nasceu em Carnaíba, no Vale do Pajeú, Alto Sertão Pernambucano. Quando menino costumava ouvir toadas, xotes e baiões de Luiz Gonzaga e se identificava com as mensagens e os lamentos telúricos do Rei do Baião, como Vozes da Seca e A Triste Partida. Também gostava de ouvir Trio Nordestino, Jacinto Silva, Jackson do Pandeiro e Marinês. No sítio do avô, seu Badu, muito cedo vivenciou o cotidiano rural: cortou palma pra gado, catou algodão, debulhou milho e feijão, tangeu gado, fez ordenha, dirigiu carro de boi, rezou novenas, plantou e semeou.

Aos 11 anos, mudou-se para Afogados da Ingazeira, cidade vizinha, onde estudou o Ginásio e o Científico. Aos 15 anos, começou a trabalhar como repórter e produtor na Rádio Pajeú. Nessa época já compunha músicas e tocava violão. Aos 24 anos venceu o Festival Pernambuco Música Hoje com “Canção para Dom Hélder”, gravada em compacto. Ainda participou como crooner dos grupos Unidos da Saudade e Rutilante. Até que, em 1987, mudou-se para o Recife.

Na capital, Daniel mergulhou em suas raízes para compor xotes e baiões, marcando as imagens e experiências vividas durante a infância no Sítio Oitizeiro, em Carnaíba, sua terra natal. Hoje, Daniel Bueno vem se destacando como intérprete e compositor da autêntica música nordestina, especialmente o forró pé de serra. Seus maiores sucessos, nesse gênero, são: “Na fazenda de vovô”, “Filho do morador”, “Xote natalino”, “Minha saudade”, “O filme”, “Minha casa”, dentre outros.

Em 2007, Daniel Bueno escreveu as 17 faixas do CD Forró 4. Com esse trabalho autoral, firmou-se como compositor rural, bem no estilo Zé Dantas, seu conterrâneo. Isso ficou bem claro em composições como As coisas que deixei ali e As lembranças do meu pai. Também se observa a preocupação de Bueno com o aquecimento global na faixa Lamento Ecológico. O maior sucesso do disco, porém, foi a faixa O dossiê, crônica de um amor mal-sucedido. O disco de 2008, Forró 5, trouxe sucessos eternos de Luiz Gonzaga, e autorais, como Sinuca de Bico. Mas a faixa de maior destaque foi Minha Saudade (Geraldo Freire). Em 2009, Bueno reapareceu com um trabalho cuja temática, “O retirante”, foi título do CD e da faixa de maior destaque, além de Minha casa, Moleque de recado, dentre outras. No momento, Bueno ensaia para a gravação de um DVD com a seleção de seus principais sucessos e homenagem à obra de Zé Dantas e Luiz Gonzaga.

 
Get Adobe Flash player